Jornal do Commercio
CRIME

Vereador bêbado foge sem prestar socorro após matar idosa atropelada

O juiz Renato César Dorta Pinheiro, da comarca de Mara Rosa, estipulou em R$ 7 mil a fiança de Barcelos, que dormiu duas noites na cadeia

Publicado em 10/08/2017, às 14h20

De acordo com o advogado do vereador, ele fugiu por medo da represália das testemunhas / Foto: Reprodução/Internet
De acordo com o advogado do vereador, ele fugiu por medo da represália das testemunhas
Foto: Reprodução/Internet
Estadão Conteúdo

O vereador Luiz Carlos Barcelos (PDT), do município de Mara Rosa (GO), localizado a 367 quilômetros de Goiânia, atropelou e matou a ciclista Elza Maria da Luz, de 60 anos, na terça-feira (8). Barcelos, que estava embriagado, fugiu sem prestar socorro. A vítima não resistiu e morreu no hospital. Ela foi enterrada na quarta-feira (9).

O juiz Renato César Dorta Pinheiro, da comarca de Mara Rosa, estipulou em R$ 7 mil a fiança de Barcelos, que dormiu duas noites na cadeia. Na manhã desta quinta-feira (10) o vereador aguardava que fosse feito o depósito da fiança ser liberado.



Defesa

Segundo o advogado do parlamentar, Murilo Eustáquio Cardoso Moreno, o cliente admitiu que estava embriagado e disse que não prestou socorro por medo de represália das testemunhas. "Ele quis preservar sua integridade física com medo também da reação de algum familiar da vítima, já que o acidente ocorreu perto da casa de um irmão dela", disse Moreno.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM