Jornal do Commercio
MORTE SUSPEITA

PMs são encontrados mortos dentro de viatura no Rio

De acordo com a Polícia Militar, o sargento Rosemberg de Jesus Príncipe, 38 anos, e o soldado Bruno Pereira Martins dos Santos, 36 anos, eram do 31º Batalhão da Polícia Militar

Publicado em 05/05/2018, às 14h45

Pelas redes sociais, colegas dos PMs relembraram um caso semelhante ocorrido em 2016 / Foto: Reprodução/ Internet
Pelas redes sociais, colegas dos PMs relembraram um caso semelhante ocorrido em 2016
Foto: Reprodução/ Internet
Estadão Conteúdo

Dois policiais morreram neste sábado (5), no Rio, após serem encontrados desacordados dentro de uma viatura policial na Estrada Roberto Burle Marx, na Barra de Guaratiba, zona oeste da cidade. Eles chegaram a ser levados para o Hospital Lourenço Jorge, na mesma região, mas não resistiram. A Polícia Militar aguarda a perícia dos corpos para saber a causa das mortes.

De acordo com a Polícia Militar, o sargento Rosemberg de Jesus Príncipe, 38 anos, e o soldado Bruno Pereira Martins dos Santos, 36 anos, eram lotados no 31º Batalhão da Polícia Militar, no Recreio, também na zona oeste da cidade.

O Sargento Príncipe estava na PM desde 2005. Era solteiro e não tinha filhos. O soldado Bruno, que entrou para a PM em 2013, era casado e deixa dois filhos.



Caso semelhante

Pelas redes sociais, colegas dos PMs relembraram um caso semelhante ocorrido em 2016. Dois policiais foram encontrados inconscientes dentro de uma viatura no bairro do Engenho Pequeno, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, com espuma na boca.

A suspeita na época era de que eles teriam sido envenenados pelo gás do escapamento da própria viatura. A PM não confirmou se, na ocorrência deste sábado, também havia vestígios de intoxicação, como no caso de 2016, e informou que vai aguardar a perícia.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM