Jornal do Commercio
Demografia

Japão contabiliza mais de 60.000 cidadãos centenários

Dos 61.568 centenários do arquipélago, 87% são mulheres

Publicado em 11/09/2015, às 15h07

Cerca de um quarto da população japonesa tem 65 anos ou mais, uma proporção que deve alcançar 40% até 2060 / Foto: YOSHIKAZU TSUNO / AFP

Cerca de um quarto da população japonesa tem 65 anos ou mais, uma proporção que deve alcançar 40% até 2060

Foto: YOSHIKAZU TSUNO / AFP

Da AFP

No Japão há mais de 60.000 pessoas de 100 anos de idade ou mais, um quebra-cabeças para o governo, que enfrenta crescentes gastos sociais.

Dos 61.568 centenários do arquipélago, 87% são mulheres, indicou nesta sexta-feira o ministério da Saúde.

Na terça-feira, durante o dia dos idosos, 30.379 japoneses que celebram seu 100º aniversário em 2015 receberão uma carta de felicitação e um presente, um prato de prata avaliado em 8.000 ienes (60 euros, 68 dólares), que custará cerca de dois milhões de euros ao Estado.

O governo cogita agora fazer presentes mais baratos para reduzir gastos. Em 1963, primeiro ano em que foi instaurada a tradição de dar um presente aos centenários no dia 15 de setembro, só havia 153 candidatos no Japão. 

A expectativa de vida dos homens japoneses superou pela primeira vez em 2013 a barreira dos 80 anos, enquanto as mulheres têm o recorde mundial de longevidade (86,83 anos). 

O japonês Yasutaro Koide, de 112 anos, é o atual decano masculino da humanidade. Sucedeu em julho um compatriota, Sakari Momoi, que era um mês mais velho que ele.

Cerca de um quarto da população japonesa tem 65 anos ou mais, uma proporção que deve alcançar 40% até 2060.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM