Jornal do Commercio
Natureza

Bebê elefante emociona ao se recusar a se afastar de mãe morta

Zongoloni, bebê elefante, por pouco não morreu de fome e desidratação

Publicado em 27/02/2017, às 20h40

Zongoloni, como é chamada, não queria abandonar a mãe / Reprodução/The Mirror
Zongoloni, como é chamada, não queria abandonar a mãe
Reprodução/The Mirror
Com informações do The Mirror

Um bebê elefante comoveu o mundo ao se recusar a se afastar de sua mãe, morta por caçadores no Quênia. Resgatada pelo Orphan's Project, estava em intenso estado de desitratação e fome, quando foi levada para reabilitação. A pequena elefante Zongoloni por pouco não morreu.

Se Zongoloni não tivesse sido levada pelo projeto, teria morrido de inanição - ela ainda era amamentada pela mãe, que morreu com um tiro na perna. Os funcionários de lá cuidam de outros animais órfãos de carinho materno, aumentando sua chance de viver. 

Resgate

O Ophan's Project já ajudou centenas de animais. "Nós temos muito que aprender com os animais. Com eles nós vemos o que é amor incondicional e puro", contou em entrevista ao jornal britânico The Mirror a fundadora do projeto Dame Daphne Sheldrick.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM