Jornal do Commercio
INVESTIGAÇÃO

Rússia detém 8 pessoas relacionadas a atentado de São Petersburgo

O suposto autor do atentado, identificado graças a um teste de DNA, vivia na Rússia desde 2011

Publicado em 06/04/2017, às 15h05

A investigação é realizada pelo FSB (serviços de segurança) e o Ministério do Interior / Olga MALTSEVA / AFP
A investigação é realizada pelo FSB (serviços de segurança) e o Ministério do Interior
Olga MALTSEVA / AFP
AFP

Oito pessoas suspeitas de envolvimento no atentado que deixou 13 mortos no metrô da cidade russa de São Petersburgo, foram detidas, informou nesta quinta-feira (6) o Comitê de Investigação russo.

"Seis pessoas foram detidas em São Petersburgo e duas em Moscou por seu envolvimento no atentado", afirma o comunicado oficial.

A investigação é realizada pelo FSB (serviços de segurança) e o ministério do Interior.

As famílias das vítimas do atentado começaram a enterrar nesta quinta seus parentes, no terceiro e último dia do luto decretado na segunda maior cidade do país.

Depois do atentado, classificado pelo Kremlin como "um desafio lançado a todos os russos, incluindo o presidente Vladimir Putin", as autoridades russas multiplicaram as medidas de segurança antiterrorista no metrô.



Primeiro-ministro

O primeiro-ministro Dmitri Medvedev ordenou a criação de grupos de ração rápida atuando 24 horas por dia.

O suposto autor do atentado, identificado graças a um teste de DNA, Akbarjon Djalilov, um homem de 22 anos nascido na região de Och, no Quirguistão, vivia na Rússia desde 2011.

Os motivos de Djalilov, descrito pelos vizinhos como um homem calmo e discreto, ainda são um mistério.

Mas o Comitê de Investigação examina sua possível relação com a a organização Estado Islâmico (EI), aludindo pela primeira vez a este grupo.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM