Jornal do Commercio
CONFLITO

EUA dizem que não pretendem iniciar guerra contra a Coreia do Norte

A embaixadora do país na Organização das Nações Unidas, Nikki Haley comentou tensão com o país asiático

Publicado em 19/04/2017, às 17h00

A embaixadora Nikki Haley comentou o assunto nesta quarta-feira, na ONU / Foto: Reprodução/Facebook
A embaixadora Nikki Haley comentou o assunto nesta quarta-feira, na ONU
Foto: Reprodução/Facebook
Estadão Conteúdo

A embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas, Nikki Haley, comentou nesta quarta-feira (19) que seu país não pretende iniciar uma guerra com a Coreia do Norte, mas advertiu Pyongyang sobre sua conduta. "A bola está do lado deles. Eles não devem tentar é jogar a partir desse ponto", disse ela a repórteres.

Atualmente presidente do Conselho de Segurança da ONU, Haley afirmou que os integrantes do órgão trabalham em um comunicado em resposta ao mais recente lançamento de mísseis norte-coreano, que fracassou.



Esforços

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, disse a repórteres que a ONU apoia totalmente os esforços de todos os Estados para tentar garantir "que a Coreia do Norte não adquira as capacidades que se tornariam em uma ameaça, não apenas para a região mas para uma área maior do mundo".

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, irá comandar uma reunião do Conselho de Segurança sobre o programa nuclear da Coreia do Norte em 28 de abril.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Futuro,24/04/2017

A melhor solução seria o próprio povo esquecido, sofrido na miséria, lutar por uma vida melhor, onde somente os militares têm vantagem, sendo estes não robôs, tem consciência e coração, faltam-lhes atitudes. Vídeos postados na internet mostram a dura realidade de um povo. Lembrando de Hiroshima e Nagasaki, espero que o nosso país não fique também na história por causa da água ¨futuramente¨. O ser humano não vive o passado e nem o futuro, vive todos os dias no presente, e o que acontece hoje, será a resposta do possível amanhã. Sendo assim, o pior ou o melhor acontecimento de hoje, pode ser benéfico ou prejudicial para nós no amanhã. Na hipótese; tudo já está escrito o que vai acontecer neste planeta, fico sem comentar.

Por Alguém,20/04/2017

Curtiu seu comentário.

Por oscar cornelsen neto,19/04/2017

Vivemos em um mundo que nos foi cedido temporariamente. Esse mundo, ou planeta, como preferirem é um legado para nossa e futuras gerações. A Terra não nos pertence. De fato é o nosso lar, mas não nos pertence. a arrogância desse ditador da Coreia do Norte na sua pretensão de construir armas de destruição é inadmissível e como tal deve ser estancada. Sabe-se, pelo desenrolar dos fatos que a Coreia do Norte está trabalhando, ou insinuando que está, para construir um míssil intercontinental para lançá-lo contra os EUA. O desfecho desta história é sabida, limitando-se tudo a uma questão de tempo. As Nações da Terra devem se unir para evitar o pior. pois o pior afetará a todos, então, a desavença entre EUA e Coreia do Norte diz respeito sim a todas as Nações e, nesse contexto, devem trabalhar, todas, em sintonia para impor a Coreia que pare de fazer testes de mísseis, assim como impor-lhe que parem imediatamente com sua corrida atômica. é certo que os EUA possuem um arsenal nuclear, a União Soviética, também, o tem, mas pergunto, quando um desses países ameaçou detonar um bomba nuclear em outro por motivos torpes. Isso não acontece (descarto aqui Hiroshima e Nagasaki, devido a situação). ASSIM, TODOS temos sim o DEVER DE NOS POSICIONARMOS CONTRA A AMEAÇA DA Coreia do Norte, pois a sua inconsequente e prepotente pretensão lesará todos os povos da Terra. O Mundo deve se posicionar e impor o que é de melhor para todos e não estar como meros espectadores.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM