Jornal do Commercio
Iraque

Forças iraquianas retomam dos extremistas dois bairros de Mossul

As forças iraquianas já conseguiram reconquistar o leste e, desde fevereiro, tentam arrebatar o oeste dos combatentes jihadistas.

Publicado em 20/04/2017, às 11h59

Membro das forças iraquianas na Zona Oeste de Mossul / AFP
Membro das forças iraquianas na Zona Oeste de Mossul
AFP
AFP

As forças iraquianas reconquistaram nesta quinta-feira (20) outros dois bairros do oeste de Mossul, apertando um pouco mais o cerco em torno do grupo Estado Islâmico (EI), entrincheirado no setor antigo do último reduto extremista no Iraque.

>>> Batalha no Iraque deixou 500 mil deslocados na cidade de Mossul

A batalha de Mossul começou em 17 de outubro. As tropas governamentais já conseguiram reconquistar o leste e, desde fevereiro, tentam arrebatar o oeste dos combatentes jihadistas.



Coalizão internacional

Nas últimas semanas, conseguiram retomar vários bairros ocidentais com a ajuda da coalizão internacional dirigida pelos Estados Unidos, mas não ganharam muito terreno na Cidade Antiga, um labirinto de ruelas muito povoadas, onde os jihadistas resistem.

>>> Ataque suicida deixa vários mortos no Iraque

"As forças completaram a libertação do bairro de Al Thawra", declarou à AFP Sabah al Noman, porta-voz das tropas antiterroristas iraquianas (CTS), que lideram a ofensiva em Mossul.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM