Jornal do Commercio
Paris

Presidente da França afirma que tiroteio em Paris possui 'natureza terrorista'

François Hollande prestou condolências para os familiares que foram vítimas do ataque desta quinta-feira em Paris

Publicado em 20/04/2017, às 19h02

Uma reunião do Conselho de Defesa foi convocada para às 8h da manhã desta sexta-feira (21) para discutir novas ações de segurança no país / Franck Fife/AFP
Uma reunião do Conselho de Defesa foi convocada para às 8h da manhã desta sexta-feira (21) para discutir novas ações de segurança no país
Franck Fife/AFP
JC Online

Atualizada às 20h37

O presidente da França, François Hollande, realizou um pronunciamento após o tiroteio na Avenida Champs-Élysée, em Paris, deixar um policial morto e outros dois feridos no início da noite desta quinta-feira (20). De acordo com Hollande, as "as pistas indicam que o atentado possui natureza terrorista" e que "a brigada antiterrorista já foi convocada" para realizar inspeções no local.

Hollande ainda prestou condolências para os parentes das vítimas. "Meus pensamentos estão com a família do policial morto e com os parentes dos feridos. Um tributo nacional será realizado para honrar essas vítimas", afirmou o presidente francês.

Antes do pronunciamento, François Hollande convocou uma reunião de emergência com o primeiro-ministro da França, Bernard Cazeneuve, e ministro do Interior, Matthias Fekl, para tratar sobre questões de segurança no país. Uma reunião do Conselho de Defesa foi convocada para às 8h da manhã desta sexta-feira (21) para discutir novas ações de segurança no país.

Atos de campanha cancelados

No começo da semana, as autoridades francesas anunciaram ter frustrado um atentado com a detenção na terça-feira de dois homens que tinham o projeto de lançar um atentado "nos próximos dias em solo francês".

Clément Baur, de 23 anos, e Mahiedine Merabet, de 29, foram detidos em frente a um departamento na cidade de Marselha (sudeste), onde a polícia encontrou armas e três quilos de explosivos caseiros.

Os candidatos tinham sido alertados sobre a ameaça e as fotografias dos dois suspeitos foram distribuídas a seus serviços de segurança.



O ataque desta quinta-feira ocorreu enquanto os onze candidatos à Presidência eram entrevistados na televisão, na reta final desta campanha muito disputada.

Segundo as pesquisas de opinião, quatro candidatos têm possibilidades de passar para o segundo turno, que será realizado em 7 de maio: a candidata da ultradireita Marine Le Pen, o centrista Emmanuel Macron, o conservador François Fillon e o esquerdista Jean-Luc Mélenchon.

Marine Le Pen e François Fillon anunciaram nesta quinta o cancelamento de seus atos de campanha previstos para sexta-feira.

"A ameaça será parte do nosso cotidiano nos próximos anos", declarou Macron, que expressou sua solidariedade com a família do policial morto.

Marine Le Pen reiterou que se chegar ao poder será firme diante do risco terrorista.

Polícia recomenda que população evite o local

De acordo com o Ministério do Interior da França, o atirador saiu de um veículo e deliberadamente mirou em policiais que faziam a guarda na região da avenida Champs-Elysées, na capital francesa. Todo o bairro que circunda a avenida foi revistado, mas a polícia recomenda que a população evite o local.

A região foi interditado pela polícia a orientação é que turistas voltem a seus hotéis. As estações de metrô na área foram fechadas.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM