Jornal do Commercio
GOVERNO TRUMP

Trump anuncia investigação comercial sobre importação de aço pelos EUA

A restauração da indústria de aço americana foi uma das promessas do presidente Donald Trump durante a campanha eleitoral

Publicado em 20/04/2017, às 13h58

Investigação abrange todos os países que exportam o produto para os EUA / Foto: AFP
Investigação abrange todos os países que exportam o produto para os EUA
Foto: AFP
Estadão Conteúdo

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (20) uma investigação comercial que poderá levar à imposição de tarifas na importação de aço, sob o argumento de que medida é necessária para defesa da segurança nacional. O prazo para conclusão do estudo é de 270 dias, mas a expectativa do secretário do Comércio, Wilbur Ross, é entregá-lo em um espaço mais curto de tempo.

A restauração da indústria de aço americana foi uma das promessas do presidente Donald Trump durante a campanha eleitoral. Desde que assumiu, ele tem defendido a posição de que projetos de infraestrutura devem usar aço fabricado no país.

Apesar da China ser o principal alvo da iniciativa americana, a investigação abrange todos os países que exportam o produto para os EUA, entre os quais está o Brasil.



Em conferência telefônica com jornalistas, Ross disse que medidas de defesa comercial, como anti-dumping, são pontuais e insuficientes para enfrentar o problema da importação de aço. "Nós queremos uma solução ampla para uma ampla gama de produtos e países", afirmou.

Segundo o secretário do Comércio americano, a indústria siderúrgica americana só usa 71% de sua capacidade instalada e o porcentual poderia aumentar com a eventual imposição de tarifas sobre produtos estrangeiros.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM