Jornal do Commercio
Eleições na França

Vitória de Le Pen criaria 'desordem grave', diz FMI

Diretora-geral do FMI teme deslocamento da União Europeia

Publicado em 20/04/2017, às 19h00

Líder da extrema-direita é criticada pelo FMI / Foto: AFP
Líder da extrema-direita é criticada pelo FMI
Foto: AFP
AFP

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, reconheceu nesta quinta-feira (20) que uma vitória de Marine Le Pen na eleição presidencial francesa poderia criar "uma desordem grave", a qual levaria a um "deslocamento" da União Europeia.

"Isso provocaria, certamente, uma desordem grave e um risco de deslocamento", afirmou Lagarde, ao ser questionada pela rede americana CNBC sobre os riscos de uma crise econômica, caso a líder do partido de extrema direita Frente Nacional ganhe a eleição e decida tirar a França do euro.



O projeto europeu "nos protegeu dos horrores da guerra. Precisamos ter isso em mente", lembrou Lagarde, em paralelo às reuniões do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial.

Manutenção da Paz

"O fato de termos tido quase 70 anos de paz e relações construtivas e amigáveis é uma joia, e isso precisa ser assegurado", insistiu.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM