Jornal do Commercio
ATAQUE

''Mais de 50'' soldados afegãos mortos em ataque talibã contra base

De acordo com declarações do porta-voz do ministério afegão da Defesa, Dawlat Waziri, o ataque foi liderado por homens ''de uniforme''

Publicado em 21/04/2017, às 15h19

O ataque durou várias horas e foi reivindicado pelos insurgentes / Foto: Noorullah Shirzada/AFP
O ataque durou várias horas e foi reivindicado pelos insurgentes
Foto: Noorullah Shirzada/AFP
AFP

"Mais de 50 soldados afegãos foram mortos" no ataque de sua base pelos talibãs nesta sexta-feira (21) perto da grande cidade do norte Mazar-è-Sharif, indicou à AFP um porta-voz do exército americano em Cabul.ta

O ataque, que durou várias horas e foi reivindicado pelos insurgentes, terminou no início da noite, de acordo com este porta-voz, que não quis se identificar.



Em um comunicado, o general americano John Nicholson, que lidera a operação da Otan Resolute Support, disse que o ataque ocorreu "enquanto os homens oravam ou estavam na cantina" da base, que pertence ao 209º regimento do exército afegão, perto de Mazar.

Geral saudou "os comandos afegãos que puseram fim a estas atrocidades".

De acordo com declarações do porta-voz do ministério afegão da Defesa, Dawlat Waziri, o ataque foi liderado por homens "de uniforme".


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM