Jornal do Commercio
Meio Ambiente

ONG escolhe nome de Alba para fêmea de orangotango encontrada Bornéu

O raro exemplar deste animal foi encontrado preso em uma jaula, em uma localidade isolada do distro de Kapuas Hulu, na província de Kalimantan Centro

Publicado em 15/05/2017, às 13h55

É a primeira vez que a BOSF acolhe um orangotango albino desde sua criação, há 25 anos / Foto: Reprodução/AFP
É a primeira vez que a BOSF acolhe um orangotango albino desde sua criação, há 25 anos
Foto: Reprodução/AFP
AFP

Uma ONG de defesa dos animais anunciou nesta segunda-feira (15) que escolheu o nome de Alba para uma fêmea de orangotango de olhos azuis resgatada na parte indonésia da ilha de Bornéu, depois de receber uma série de sugestões.

O raro exemplar deste animal foi encontrado preso em uma jaula, em uma localidade isolada do distro de Kapuas Hulu, na província de Kalimantan Centro.

A Fundação para a Sobrevivência do Orangotango de Bornéu (BOSF, em inglês) afirmou que o nome escolhido tem um grande significado. "Felizmente chegará um novo amanhecer para estes animais preciosos", declarou a ONG em um comunicado.

A fundação, que havia feito na semana passada um apelo para batizar a fêmea de orangotango, disse ter recebido milhares de sugestões do mundo inteiro.



Exemplar raro

É a primeira vez que a BOSF acolhe um orangotango albino desde sua criação, há 25 anos.

O animal, de cerca de cinco anos, estava em más condições quando foi encontrado, mas a ONG afirma que está se recuperando bem e que engordou cerca de 4,5 quilos nos últimos 15 dias.

Os orangotangos de Bornéu têm normalmente uma pelagem marrom, e o BOSF indicou que está estudando o albinismo nos grandes primatas antes de decidir a melhor forma de proceder para o futuro de Alba.

"Não podemos simplesmente colocar Alba em uma zona florestal ou em um santuário sem ter examinado seriamente todas as possibilidads", explicou Jamartin Sihite, diretor da ONG. "Até o momento não conseguimos encontrar nenhum outro exemplar de orangotango albino e precisamos saber mais sobre ela e sua situação especial", acrescentou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM