Jornal do Commercio
SÍRIA

Pentágono recebe ordem de 'aniquilar' combatentes do Estado Islâmico

A intenção é evitar que combatentes estrangeiros retornem para seus países, ou fujam

Publicado em 19/05/2017, às 22h45

A ordem veio do presidente Donald Trump / Foto: AFP
A ordem veio do presidente Donald Trump
Foto: AFP
AFP

O presidente Donald Trump ordenou ao Pentágono que "aniquile" o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria para evitar que combatentes estrangeiros consigam voltar para seus países - declarou o secretário americano da Defesa, Jim Mattis, nesta sexta-feira (19).

A iniciativa para matar tantos extremistas quanto possível no terreno - em vez de esperar até que abandonem uma cidade para, então, persegui-los quando fugirem - reflete a crescente urgência de evitar que indivíduos com experiência militar e ideologia voltem para as capitais europeias e para outras áreas.



O presidente ordenou "uma mudança tática da política de obrigar o grupo Estado Islâmico (EI) a sair de seus lugares seguros, por meio de combates de desgaste para cercar o inimigo em seus bastiões de modo a poder aniquilar o EI", disse Mattis.

"A intenção é evitar que combatentes estrangeiros retornem para seus países, ou fujam", acrescentou.

Decreto

Logo depois de assumir o cargo, Trump assinou um decreto dando a seus generais 30 dias para elaborarem um novo plano para esmagar os extremistas. A revisão resultou nessa nova "campanha de aniquilação", que dará aos comandantes mais autonomia para tomarem decisões no campo de batalha.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM