Jornal do Commercio
ARTE

Quadro de Basquiat vendido por preço recorde de US$ 110,5 milhões

O recorde anterior do artista era de uma outra tela vendida por US$ 57,2 milhões

Publicado em 19/05/2017, às 03h37

O preço de partida para o leilão de hoje era de US$ 57 milhões, quase o recorde de SAMO, pseudônimo com o qual Basquiat ficou conhecido nos muros de Nova York / Foto: Don Emmert/AFP/Getty Images
O preço de partida para o leilão de hoje era de US$ 57 milhões, quase o recorde de SAMO, pseudônimo com o qual Basquiat ficou conhecido nos muros de Nova York
Foto: Don Emmert/AFP/Getty Images
AFP

Um quadro sem título do americano Jean-Michel Basquiat foi arrematado nesta quinta-feira (18) pelo valor recorde de US$ 110,5 milhões, em um leilão da casa Sotheby's em Nova York.

Essa grande obra (1,83 x 1,73 metro), que representa uma inquietante cabeça negra sobre um fundo azul, foi vendida após mais de dez minutos de leilão, uma duração incomum.



Recorde

O recorde anterior do artista era de uma outra tela também de grande formato (2,38 x 5 metros), também sem título, leiloada em maio de 2016 por US$ 57,2 milhões em evento da Christie's.

O preço de partida para o leilão de hoje era de US$ 57 milhões, quase o recorde de SAMO, pseudônimo com o qual Basquiat ficou conhecido nos muros de Nova York.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM