Jornal do Commercio
CORRUPÇÃO

Detido em Miami ex-presidente panamenho envolvido no caso Odebrecht

Ricardo Martinelli foi detido no final da tarde em sua casa em Coral Gables, no sul de Miami

Publicado em 13/06/2017, às 01h45

Odebrecht teria pago no Panamá mais de 59 milhões de dólares em propinas entre 2010 e 2014, quando Martinelli (foto) presidia o país / Foto: Reprodução / La Estrella
Odebrecht teria pago no Panamá mais de 59 milhões de dólares em propinas entre 2010 e 2014, quando Martinelli (foto) presidia o país
Foto: Reprodução / La Estrella
AFP

O ex-presidente panamenho Ricardo Martinelli, investigado no Panamá por corrupção, foi detido nesta segunda-feira em sua residência em Miami, informou a imprensa local.

Martinelli foi detido no final da tarde em sua casa em Coral Gables, no sul de Miami, e está em uma prisão federal, informou o jornal Miami Herald, citando a polícia.

O ex-presidente será ouvido por um juiz na manhã desta terça-feira, segundo o jornal.

Ricardo e Luis Enrique Martinelli, ambos filhos do ex-presidente, são investigados no Panamá pelo recebimento de mais de 20 milhões de euros em subornos da Odebrecht quando seu pai era presidente.



Acusação

De acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Odebrecht pagou no Panamá mais de 59 milhões de dólares em propinas entre 2010 e 2014, quando Martinelli presidia o país.

Mas o governo panamenho pediu a extradição de Martinelli por outro caso, o que envolve o "grampo" de telefones e e-mails de cerca de 150 opositores durante seu governo.

Martinelli reside em Miami desde janeiro de 2015.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM