Jornal do Commercio
Atentado

Estado Islâmico reivindica ataque a policial morta em Israel

A policial de Israel foi esfaqueada perto da cidade velha de Jerusalém em ato envolvendo três terroristas

Publicado em 16/06/2017, às 21h27

Terroristas do Estado Islâmico foram mortos durante atentado / Foto: AFP
Terroristas do Estado Islâmico foram mortos durante atentado
Foto: AFP
AFP

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou na noite desta sexta-feira o atentado que acabou com a morte de uma policial israelense em Jerusalém.

Em um comunicado difundido na rede criptografada Telegram, o EI afirmou que três de seus combatentes "atacaram um grupo de judeus", em uma operação durante a qual os três atacantes foram mortos por policiais israelenses. Este ataque "não será o último", advertiu o grupo extremista.

Segundo um site de monitoração de sites extremistas com sede nos Estados Unidos, esta seria a primeira vez que o EI reivindica um ataque em Israel.



A policial israelense, de 23 anos, foi esfaqueada perto da cidade velha de Jerusalém e os três supostos atacantes foram mortos, segundo a polícia. Algumas horas depois, a militar faleceu no hospital.

"Três terroristas árabes abatidos por unidades da polícia", acrescentou a Polícia.

Segundo comunicado do EI, os três atacantes neutralizados eram "os irmãos Abu al-Bara al-Maqdisi, Abu Hassan al-Maqdisi e Abu Rabah al-Maqdisi".

O chefe de polícia de Jerusalém, Yoram Halevy, identificou os três atacantes como palestinos da Cisjordânia.

Segundo a Polícia, dois atacantes atiraram contra um grupo de policiais que responderam, ao mesmo tempo em que outro homem esfaqueou a policial a alguns metros do local, antes de ser morto.

Os médicos informaram que outras quatro pessoas ficaram feridas.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM