Jornal do Commercio
BREXIT

GB: emprego e crescimento, prioridades em negociação do Brexit

O ministro-britânico das Finanças disse para que se pense "nos empregos primeiro"

Publicado em 16/06/2017, às 14h36

A prioridade do Brexit deve ser proteger os empregos e o crescimento, disse Hammond / Foto: AFP
A prioridade do Brexit deve ser proteger os empregos e o crescimento, disse Hammond
Foto: AFP
AFP

A prioridade nas negociações do Brexit deve ser proteger os empregos e o crescimento, afirmou nesta sexta-feira (16) o ministro-britânico de Finanças, Philip Hammond, três dias antes do início formal das discussões com a União Europeia.

"Agora que nos dispomos a iniciar as negociações, a minha opinião e - acho - da maioria das pessoas do Reino Unido é que devemos dar prioridade à proteção dos empregos, do crescimento econômico e da prosperidade", declarou Hammond.

O ministro britânico respondeu assim, na sua chegada a uma reunião das autoridades de Finanças da UE em Luxemburgo, à pergunta sobre a prevalência da posição favorável a um Brexit "brando".



Após o resultado das recentes eleições britânicas, nas quais a primeira-ministra Theresa May perdeu sua maioria absoluta, Hammond, partidário da UE por pragmatismo econômico, pediu para que se pense "nos empregos primeiro", de acordo com a imprensa britânica.

Os partidários de um Brexit "brando" ("soft") desejam a manutenção de um acesso para o Reino Unido ao mercado único e não querem ouvir falar de uma saída do bloco sem acordo, como deram a entender durante a campanha vários políticos britânicos.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM