Jornal do Commercio
Hamburgo

Protestos violentos durante o G20 deixam quase 200 feridos em Hamburgo

'Eu entendo completamente os protestos pacíficos, mas os protestos violentos ameaçam as vidas das pessoas', disse Angela Merkel

Publicado em 07/07/2017, às 21h16

Manifestação violenta em Hamburgo / Foto: AFP
Manifestação violenta em Hamburgo
Foto: AFP
Estadão Conteúdo

Protestos violentos ofuscaram a reunião de líderes mundiais ocorrida nesta sexta-feira (7) na Alemanha, com anarquistas e outros lançando coquetéis molotov, bloqueando vias, queimando carros e atacando policiais. Pelo menos 196 policiais e um número não especificado de outras pessoas ficaram feridos, segundo autoridades da cidade de Hamburgo, que sedia a cúpula de líderes mundiais.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, havia tentado fazer do evento uma mensagem de harmonia global. "Eu entendo completamente os protestos pacíficos, mas os protestos violentos ameaçam as vidas das pessoas", afirmou Merkel. "Isso não é aceitável."



Alguns prédios residenciais e bancos próximos da área dos protestos tiveram janelas quebradas. A polícia usou spray de pimenta e jatos d'água para tentar controlar a situação. Manifestantes criticaram a escolha de uma cidade como Hamburgo para o evento e disseram que a polícia não lidou corretamente com os protestos. "É negligência realizar esse evento no meio de um bastião de esquerda", afirmou o estudante local Mirko Shokr, de 19 anos. Segundo ele, a polícia provocou a escalada na violência, mas Shokr também se disse frustrado com pessoas vestidas de preto que destruíram a área.

Outros protestos

Muitos dos protestos ocorridos na cidade foram pacíficos. Entre eles, havia manifestações contra o capitalismo e contra a decisão do governo dos EUA de construir um muro na fronteira com o México. Fonte: Dow Jones Newswires.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM