Jornal do Commercio
ALEMANHA

Distúrbios e abusos sexuais em festival na Alemanha

Várias viaturas da polícia foram pichadas ou vandalizadas

Publicado em 17/07/2017, às 14h57

A polícia suspeita de um iraquiano de 20 anos e, em um caso separado, de três requerentes de asilo afegãos com entre 18 e 20 anos / Foto: Sven Friebe / dpa / AFP
A polícia suspeita de um iraquiano de 20 anos e, em um caso separado, de três requerentes de asilo afegãos com entre 18 e 20 anos
Foto: Sven Friebe / dpa / AFP
AFP

A polícia alemã informou nesta segunda-feira (17) que vários casos de assédio e abuso sexual foram registrados durante um festival neste fim de semana em Schorndorf, uma pequena cidade no sudoeste da Alemanha, onde uma multidão atacou a polícia.

Embora não tenha havido prisão por abuso sexual, a polícia suspeita de um iraquiano de 20 anos e, em um caso separado, de três requerentes de asilo afegãos com entre 18 e 20 anos, acusados ??de molestar uma jovem de 17 anos de idade.

O chefe de polícia, Roland Eisel, pediu que as vítimas denunciem os abusos durante o festival local de Schorndorf, no estado de Baden-Wurtemberg.

Eisele informou que "a agressão e escalada da violência" foram sem precedentes e inesperadas nesta cidade de cerca de 40.000 habitantes, localizada perto de Stuttgart, e que a polícia local teve que pedir reforços de outras cidades.



A polícia declarou em um comunicado que muitos jovens "de origem imigrante" tinha sido vistos no meio da multidão, mas Eisele acrescentou que era impossível calcular uma percentagem.

A polícia de choque tentou penetrar entre uma multidão de cerca de 1.000 pessoas na noite de sábado (15) no centro da cidade, a fim de deter um suspeito de uma agressão física grave, mas as pessoas começaram a atirar garrafas.

Algumas testemunhas afirmaram ter visto no centro da cidade grupos de jovens armados com facas e armas que disparavam flashes e gás lacrimogêneo, segundo a polícia.

Várias viaturas da polícia foram pichadas ou vandalizadas na pequena cidade, também conhecida como "Daimler City" por ser o local de nascimento, em 1834, de Gottlieb Daimler, engenheiro e pioneiro da indústria automobilística.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM