Jornal do Commercio
ÍNDIA

Inundações causadas por monção na Índia causam 76 mortos

O governo federal pediu ajuda ao Exército para as operações de resgate nas zonas mais danificadas

Publicado em 17/07/2017, às 14h05

Os estados mais atingidos são Arunachal Pradesh e Assam, no nordeste do país / Foto: PUNIT PARANJPE / AFP
Os estados mais atingidos são Arunachal Pradesh e Assam, no nordeste do país
Foto: PUNIT PARANJPE / AFP
AFP

As graves inundações provocadas por uma monção causaram 76 mortos na Índia, anunciaram nesta segunda-feira (17) as autoridades locais.

Os estados mais atingidos são Arunachal Pradesh e Assam, no nordeste do país.

Em Assam, 60 pessoas morreram e as operações de resgate estão ativadas desde o início da temporada de chuvas, em abril.

"Milhares de pessoas foram resgatadas e se encontram agora em 118 campos de emergência instalados pelo governo", declarou um responsável dos serviços de resgate, Rajib Prakash Baura, acrescentando que cinco grandes rios do estado ainda estavam em níveis alarmantes.

Algumas regiões de Arunachal Pradesh viveram as suas piores inundações há anos, depois de mais de uma semana de chuvas incessantes. Ao menos cinco pessoas morreram na semana passada por um deslizamento de terra ao longo da fronteira com a China.



Em Guyarat, as intensas chuvas deixaram sete mortos e vários desaparecidos. Milhares de pessoas foram atingidas também no estado de Odisha.

O fornecimento de energia elétrica e as vias de comunicação (estradas e vias férreas) foram gravemente afetadas pelo mau tempo.

O governo federal pediu ajuda ao Exército para as operações de resgate nas zonas mais danificadas.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM