Jornal do Commercio
Venezuela

Trump ameaça Venezuela com fortes medidas econômicas

De acordo com Donald Trump, Maduro é ''um mau líder que sonha em se tornar ditador''

Publicado em 17/07/2017, às 21h33

"Os Estados Unidos não ficarão passivos enquanto a Venezuela desmorona", disse Trump em comunicado.
OLIVIER DOULIERY / AFP
AFP

O presidente americano Donald Trump ameaçou Caracas nesta segunda-feira com "medidas econômicas" caso Nicolás Maduro vá em frente com seu projeto de Assembleia Constituinte. Trump disse que Maduro é "um mau líder que sonha em se tornar ditador".

"Os Estados Unidos não ficarão passivos enquanto a Venezuela desmorona", disse Trump em comunicado.

"Se o regime de Maduro impõe sua Assembleia Constituinte em 30 de julho, os Estados Unidos tomarão rápidas e fortes medidas econômicas", afirmou o presidente americano, sem dar detalhes.

Trump saudou o plebiscito simbólico organizado pela oposição venezuelana no domingo, no qual milhões de eleitores rejeitaram a Assembleia Constituinte, ressaltando que suas "fortes e valentes ações continuam sendo ignoradas por um mau líder que sonha em se tornar ditador".

A porta-voz do departamento de Estado Heather Nauert destacou que Washington "está preparado para adotar fortes e rápidas ações econômicas caso o governo da Venezuela leve adiante a Assembleia Constituinte".



Segundo Nauert, "a voz de milhões de venezuelanos não pode ser ignorada", e por este motivo Washington "apela ao governo da Venezuela para que abandone a proposta da Assembleia Nacional Constituinte".

O departamento de Estado apela aos "países do hemisfério e de todo o mundo" para que peçam ao governo Maduro que "suspenda um processo que apenas busca minar a democracia venezuelana".

Durante o dia, o porta-voz da Casa Branca Sean Spicer avaliou que a participação na consulta simbólica organizada pela oposição na Venezuela representa uma mensagem "inequívoca" às autoridades.

"Felicitamos os venezuelanos pela enorme participação no referendo de ontem", disse Spicer, acrescentando que o governo americano "condena a violência dos valentões do governo contra eleitores inocentes".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM