Jornal do Commercio
Síria

UE amplia lista de sancionados por uso de armas químicas na Síria

A UE acrescentou 16 nomes à lista de pessoas visadas por sanções impostas ao regime sírio devido ao seu papel no desenvolvimento e uso de armas químicas.

Publicado em 17/07/2017, às 10h04

Vítima de um ataque com gás a Khan Cheikhoun, noroeste da Síria, em abril deste ano / Foto: AFP/Arquivos
Vítima de um ataque com gás a Khan Cheikhoun, noroeste da Síria, em abril deste ano
Foto: AFP/Arquivos
AFP

A União Europeia acrescentou nesta segunda-feira (17) dezesseis nomes à lista de pessoas visadas por sanções impostas ao regime sírio devido ao seu papel no desenvolvimento e uso de armas químicas contra civis.

Trata-se de oito oficiais militares e oito cientistas "envolvidos na proliferação de armas químicas e sua utilização", indicou o Conselho da UE, que representa os 28 Estados-membros, em um comunicado.



Com esta decisão, são 255 pessoas proibidas de entrar em território da UE e que tiveram seus bens congelados "por serem responsáveis pela repressão violenta contra a população civil na Síria, tirando partido do regime ou fornecendo seu apoio e/ou por estarem associados a essas pessoas", aponta o comunicado.

Além disso, 67 "entidades" sírias tiveram seus bens congelados.

Em 30 de junho, especialistas da Organização Internacional para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) da ONU confirmaram em um relatório que gás sarin havia sido usado no bombardeio na cidade síria de Khan Shaykhun em 4 de abril.

Os países ocidentais culparam o regime do presidente Bashar Al-Assad pelo ataque, que deixou 87 mortos. 

As sanções contra a Síria foram prorrogadas em 29 de maio e estarão em vigor até 1 de junho de 2018.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM