Jornal do Commercio
Crise na Venezuela

Chanceleres da América condenam 'ruptura' democrática na Venezuela

De acordo com comunicado, 17 países da América não reconhecem Assembleia Constituinte convocada por Nicolás Maduro

Publicado em 08/08/2017, às 21h25

17 países americanos criticam a Venezuela / Foto: AFP
17 países americanos criticam a Venezuela
Foto: AFP
AFP

Ministros das Relações Exteriores e representantes diplomáticos de 17 países da América condenaram, nesta terça-feira, a ruptura da democracia na Venezuela, e desconheceram a recente instalação de uma Assembleia Constituinte, durante reunião em Lima.

Em um comunicado lido à imprensa pelo chanceler peruano, Ricardo Luna, os países expressaram "sua condenação à ruptura da ordem democrática na Venezuela" e a "sua decisão de não reconhecer" a Assembleia Constituinte, eleita em 30 de julho, nem os atos derivados dela "por seu caráter ilegítimo".

Também mostraram o "seu pleno apoio e solidariedade com a Assembleia Nacional [...] democraticamente eleita".

No documento, assinado após sete horas de reunião na capital peruana, condenaram também "a violência sistemática aos direitos humanos e às liberdades fundamentais, a violência, a repressão e a perseguição política, a existência de presos políticos e a falta de eleições livres".



Suprapoder

A Assembleia Constituinte, um "suprapoder", legislará por até dois anos - indo além do fim do mandato do presidente Nicolás Maduro - para reescrever a Carta Magna de 1999 e, ao mesmo tempo, tomar outras decisões de efeito imediato.

Para a oposição, que não participou na formação e eleição da Constituinte, esta entidade permitirá que Maduro se perpetue no poder.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM