Jornal do Commercio
venezuela

Assembleia Constituinte da Venezuela adianta eleições regionais

Eleições regionais serão adiantadas em dois meses para serem realizadas no mês de outubro

Publicado em 12/08/2017, às 19h13

A Assembleia Nacional Constituinte (ANC) da Venezuela confirmou nessa quinta-feira (10) o presidente do país, Nicolás Maduro, como chefe de Estado, de governo e como comandante em chefe da Força Armada Nacional Bolivariana / AFP
A Assembleia Nacional Constituinte (ANC) da Venezuela confirmou nessa quinta-feira (10) o presidente do país, Nicolás Maduro, como chefe de Estado, de governo e como comandante em chefe da Força Armada Nacional Bolivariana
AFP
Estadão Conteúdo

A assembleia constitucional recém-instalada na Venezuela decidiu adiantar as eleições regionais em dois meses para outubro.

Em um acordo aprovado por unanimidade e lido por um dos vice-presidentes do órgão, Isaías Rodríguez, a Constituinte decretou "reprogramar para o dia 10 de outubro de 2017 o processo eleitoral para escolher governadores" de estado.



Atraso

As eleições deveriam ter ocorrido no ano passado, mas foram atrasadas duas vezes. Os críticos dizem que o governo temia perder nas urnas em meio a uma crise econômica esmagadora.

A assembleia constitucional ainda pode decidir eliminar todas as eleições ou alterar as regras de votação. 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM