Jornal do Commercio
França

Coreia do Norte: Macron alerta contra 'escalada das tensões'

Macron ainda defendeu que comunidade internacional deve agir de maneira dura e eficaz contra tensões entre dois paises

Publicado em 12/08/2017, às 11h37

Macron está preocupado com troca de provocações entre EUA e Coreia do Norte / Foto: AFP
Macron está preocupado com troca de provocações entre EUA e Coreia do Norte
Foto: AFP
AFP

O presidente francês, Emmanuel Macron, fez um apelo à "responsabilidade", neste sábado (12), e advertiu contra "qualquer escalada das tensões" entre entre Washington e Pyongyang, após uma semana de intensa retórica bilateral.

Em um comunicado, Macron manifestou sua "preocupação diante do agravamento da ameaça balística e nuclear proveniente da Coreia do Norte". O presidente afirmou ainda que "a comunidade internacional deve agir de maneira concertada, dura e eficaz", com o objetivo de levar Pyongyang "a retomar sem condições a via do diálogo".

"Com os outros membros do Conselho de Segurança", a França pede à Coreia do Norte que "cumpra sem demora suas obrigações internacionais e proceda ao desmantelamento completo, verificável e irreversível de seus programas nucleares e balísticos", acrescentou.



O presidente francês também lembrou "os aliados e sócios da França" na região próxima à península coreana "de sua solidariedade no momento atual".

Londres

Londres também reagiu neste sábado. O ministro britânico das Relações Exteriores, Boris Johnson, responsabilizou o regime de Kim Jong-un pela "crise" e garantiu que trabalha com seus sócios para encontrar uma "saída diplomática" para o conflito.

"O regime norte-coreano é a causa do problema e deve resolvê-lo", tuitou Johnson.

"A comunidade internacional trabalha lado a lado para garantir que a Coreia do Norte ponha fim a suas operações agressivas", assegurou, acrescentando que "trabalhamos com os Estados Unidos e com nossos sócios na região para encontrar uma saída diplomática para a crise".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM