Jornal do Commercio
Portugal

Incêndios continuam castigando centro de Portugal

Incêndios atingiram cidades de Abrantes e Alvaiazere, no centro de Portugal

Publicado em 12/08/2017, às 11h52

Incêndio atingiu a cidade de Abrantes / Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP
Incêndio atingiu a cidade de Abrantes
Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP
AFP

Dois importantes incêndios florestais continuam devastando o centro de Portugal, neste sábado (12), onde as altas temperaturas e os fortes ventos complicavam o trabalho de centenas de bombeiros.

Os focos mais perigosos estão perto da cidade de Abrantes, no distrito de Santarém, e em Alvaiazere, na região de Leiria, informou a porta-voz da Defesa Civil, Patricia Gaspar.

Para combater as chamas, foram mobilizados cerca de 800 bombeiros, mais de 250 veículos, quatro aviões-tanque e dois helicópteros.



Outros focos

Outros dois focos, que atingiram as regiões de Coimbra (centro) e Aveiro (norte) na véspera, foram controlados à noite, mas centenas de bombeiros continuam de prontidão para conter novas chamas.

"Portugal registrou ontem (sexta-feira) o maior número de incêndios florestais em um único dia" desde o início do ano, com 220 focos, acrescentou Patricia.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM