Jornal do Commercio
Crise

CIA: Coreia do Norte desenvolve programa nuclear 'em ritmo alarmante'

Declarações do diretor da CIA, Mike Pompeo, foram feitas após uma semana de escalada verbal entre Estados Unidos e Coreia do Norte, em que Donald Trump prometeu "fogo e ira" a Pyongyang

Publicado em 13/08/2017, às 15h27

Donald Trump prometeu
Donald Trump prometeu "fogo e ira" a Pyongyang com a tensão envolvendo a Coreia do Norte se intensificando
AFP
AFP

O diretor da CIA, Mike Pompeo, afirmou neste domingo que a Coreia do Norte desenvolve "em um ritmo alarmante" sua capacidade de lançar um ataque nuclear contra os Estados Unidos, mas minimizou a iminência de um confronto militar com Pyongyang.

"Cada vez que fazem testes de mísseis, ou se realizam um teste nuclear, ganham experiência, e podemos dizer que estão progredindo em um ritmo alarmante", disse Pompeo à rede de TV Fox News ao ser perguntado sobre a possibilidade de ataque com mísseis nucleares norte-coreanos ao território americano.

Ao ser perguntado se os americanos deveriam se preocupar com a tensão crescente com a Coreia do Norte, Pompeu respondeu que "nada é iminente". "Mas cuidado, o aumento da probabilidade de um ataque com mísseis nucleares a Denver é uma ameaça muito séria", assinalou o diretor da agência de inteligência americana.



As declarações foram feitas após uma semana de escalada verbal entre Estados Unidos e Coreia do Norte, em que Donald Trump prometeu "fogo e ira" a Pyongyang.

Já a Coreia do Norte prometeu lançar quatro mísseis contra Guam, um posto estratégico das forças americanas no Pacífico, que conta com cerca de 6 mil soldados estacionados.

"Não me surpreenderia se fizessem outro teste. Já fizeram dois em julho", comentou Pompeu.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM