Jornal do Commercio
APOIO

Maduro pede ao Papa ajuda contra 'ameaça militar' dos EUA

"Que o Papa nos ajude ao diálogo respeitoso", disse Maduro

Publicado em 22/08/2017, às 22h25

Maduro se distanciou de Francisco e da secretaria de Estado do Vaticano, que acusa de confabular com a hierarquia católica local e com a oposição para desestabilizá-lo / Foto: Filippo Monteforte/Pool/AFP
Maduro se distanciou de Francisco e da secretaria de Estado do Vaticano, que acusa de confabular com a hierarquia católica local e com a oposição para desestabilizá-lo
Foto: Filippo Monteforte/Pool/AFP
AFP

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, pediu nesta terça-feira (22) ao papa Francisco ajuda para impedir que se concretize a advertência do chefe de Estado, Donald Trump, de intervir militarmente na Venezuela, assim como para um diálogo com a oposição.

"Que o Papa nos ajude ao diálogo respeitoso, à verdade, que o Papa nos ajude a impedir que Trump lance suas tropas e invada Venezuela. Peço ao Papa ajuda contra a ameaça militar dos Estados Unidos", disse Maduro em coletiva de imprensa.

Maduro se distanciou de Francisco e da secretaria de Estado do Vaticano, que acusa de confabular com a hierarquia católica local e com a oposição para desestabilizá-lo.

"Que não nos abandone", pediu o presidente.

Enquanto invocava a mediação do Papa, Maduro se referiu orgulhoso à sua aliança com a Rússia, especialmente nos âmbitos militar e petroleiro.



"A Venezuela tem o apoio da Rússia, pleno, total, absoluto", afirmou o mandatário, que anunciou uma próxima reunião em Moscou com seu homólogo Vladimir Putin, que qualificou de "um homem de paz".

Acordo de cooperação

Maduro disse que um objetivos do encontro será "continuar fortalecendo o acordo de cooperação militar", no marco do qual a Rússia vendeu à Venezuela aviões de combate Sukhoi Su-30, mísseis terra-ar e fuzis, entre outros equipamentos.

"Chegaram os melhores sistemas de armas da Rússia", destacou o presidente, ressaltando que ambos os países "construíram uma fortaleza para a defesa soberana da Venezuela".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM