Jornal do Commercio
Grã-Bretanha

Bombeiros fazem churrasco com salsichas feitas de leitões resgatados

Bombeiros resgataram animais em um estábulo que pegou fogo e depois provaram 'o fruto do seu trabalho'

Publicado em 23/08/2017, às 18h53

Bombeiros comeram salsichas de animais resgatados / Foto: Reprodução
Bombeiros comeram salsichas de animais resgatados
Foto: Reprodução
AFP

Um grupo de bombeiros britânicos se viram em uma incômoda situação nesta quarta-feira (23), após comerem salsichas feitas de leitões que tinham salvado há alguns meses, motivando críticas dos defensores dos animais. 

Bombeiros da localidade de Pewsey, Inglaterra, estavam entusiasmados diante da ideia de "provar o fruto do seu trabalho", após a fazendeira enviar-lhes salsichas feitas com a carne de dois leitões e alguns porcos, animais que a equipe havia resgatado de um estábulo que sofreu um incêndio.

Rivers agradeceu aos socorristas prometendo-lhes enviar salsichas quando os animais fossem abatidos.

"Muito recomendadas pela equipe do quartel de bombeiros, e se algum de nossos seguidores fizer um churrasco nesse fim de semana, provem essas salsichas, são fantásticas", escreveu a equipe em uma publicação compartilhada no Facebook e posteriormente excluída. 

"A respeito da recente mensagem (divulgada) na página, reconhecemos que podemos ter ofendido a algumas pessoas e pedimos perdão", publicaram depois. 

Membros da organização Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta) reagiram ao ocorrido com ojeriza ao churrasco de comemoração. 



"Esses pobres leitões não estavam melhores ao se salvarem do fogo, se seis meses depois foram submetidos à terrível experiência do matadouro", declarou em comunicado Mimi Bekhechi, diretora de programas internacionais da organização. 

"O que teria ocorrido se esses bombeiros tivessem resgatado uma criança ou um cachorro?", questionou.

A ativista disse que enviaria salsichas veganas aos bombeiros "para que possam ver o quão fácil é ser um dos verdadeiros heróis para os porcos". 

Em declarações à BBC, River reconheceu que os vegetarianos odiaram a sua ação, ainda que não lamentasse o presente. "Temos uma fazenda e isso é o que fazemos diariamente. Não podemos tê-los como mascotes", disse. 

Retratação

A retratação dos bombeiros gerou uma mistura de reações entre os usuários do Facebook. 

"O ato de terem os servido justamente com os mesmos leitões que eles tinham resgatado é uma ação intencionalmente desrespeitosa e perversa", escreveu na rede social Hannah Turnbull. 

"Não há o que se desculpar, vocês são heróis locais! As salsichas de presente foi um gesto realmente simpático da fazendeira. Quem sabe só os habitantes locais saibam de onde vem a carne?", refutou por sua parte Ben Cremin. 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Julgamento de Lula Julgamento de Lula
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou, no histórico 24 de janeiro de 2018, a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ampliou a pena para 12 anos e 1 mês de reclusão
Copa do Nordeste 2018 Copa do Nordeste 2018
A 15ª edição da Copa do Nordeste tem um sabor especial. 2018 marca a volta das transmissões de futebol da TV Jornal. Ao lado da co-irmã de Caruaru e de nove afiliadas do SBT Nordeste, a emissora vai levar ao público todas as emoções do torneio
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM