Jornal do Commercio
VENEZUELA

Confronto entre exército e grupo armado deixa mortos na Venezuela

Seis pessoas morreram no confronto entre os militares e o grupo criminoso Los Rastrojos no estado Táchira, que faz fronteira com a Colômbia

Publicado em 27/08/2017, às 09h15

Incidente coincide com os exercícios militares ordenados pelo presidente Maduro  / Foto: HO / VENEZUELAN PRESIDENCY / AFP
Incidente coincide com os exercícios militares ordenados pelo presidente Maduro
Foto: HO / VENEZUELAN PRESIDENCY / AFP
ABr

Seis pessoas morreram nesse sábado (26) em conforntos entre o exército e um grupo violento no estado Táchira, que faz fronteira com a Colômbia, no marco dos exercícios militares feitos na Venezuela, informou o major-general Jesús Suárez Chourio. As informações são da Agência EFE.

"Estávamos vasculhando, patrulhando e protegendo nossa fronteira. Nesta operação, nos encontramos com um grupo gerador de violência chamado Los Rastrojos. O enfrentamento foi provocado, dando como resultado seis elementos abatidos", disse Chourio em declarações ao canal estatal VTV.

O militar apontou que no incidente também foi capturada "uma cidadã" que, segundo disse, está contribuindo com "informações valiosas para esclarecer o caso e chegar às conexões de fatos irregulares aqui na Venezuela".

O grupo criminoso Los Rastrojos surgiu em território colombiano após a desmobilização da organização paramilitar Autodefesas Unidas da Colômbia.



Chourio explicou que havia munição, material de "intendência", "um uniforme do Exército colombiano com nomes e sobrenomes" e "hierarquização e grau" em posse do grupo.

O governo venezuelano insiste constantemente que existem "paramilitares colombianos" infiltrados no país, e a fronteira foi durante anos um canal aberto para o crime organizado. Além disso, Chourio destacou que os exercícios militares nos estados fronteiriços obtiveram "excelentes resultados".

"Vimos o alto preparo do exército em suas missões dentro deste exercício [que consiste em] pôr às ordens do sistema defensivo territorial todas as suas forças e equipamentos", disse.

Práticas militares

O presidente Nicolás Maduro ordenou a realização de algumas práticas militares neste sábado, após seu o presidente americano, Donald Trump, indicar no dia 11 de agosto, que não descartava a "opção militar" contra a Venezuela.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM