Jornal do Commercio
CRISE NA VENEZUELA

Procuradora destituída da Venezuela diz que Maduro quer matá-la

Ela rompeu com o governo venezuelano no começo do ano e a assembleia constituinte a removeu de seu cargo

Publicado em 29/08/2017, às 04h37

Luisa Ortega Diaz disse hoje que o governo venezuelano estava cometendo 'sistemáticos abusos de direitos, incluindo tortura e detenções ilegais' / Foto: AFP
Luisa Ortega Diaz disse hoje que o governo venezuelano estava cometendo 'sistemáticos abusos de direitos, incluindo tortura e detenções ilegais'
Foto: AFP
Estadão Conteúdo

A procuradora-geral destituída da Venezuela, Luisa Ortega Diaz, disse que o governo do presidente Nicolás Maduro tentou contratar pessoas para matá-la.

Luisa estava na Costa Rica para entrar com uma queixa na Comissão Interamericana dos Direitos Humanos contra o governo de seu país.

"Eu tenho a informação de que a perseguição contra mim continua, e que o governo contratou assassinos para me matar", disse Luisa em uma coletiva de imprensa ao lado do procurador-geral da Costa Rica, Jorge Chavarria.

"Eu não posso voltar, eles me colocarão na cadeia, desaparecerão comigo, me torturarão", disse. "Eles fizeram duas buscas na minha casa e perseguiram minha família".



Ela rompeu com o governo venezuelano no começo do ano e a assembleia constituinte a removeu de seu cargo. Ela então fugiu para a Colômbia, onde conseguiu asilo político.

Ela disse hoje que o governo venezuelano estava cometendo "sistemáticos abusos de direitos, incluindo tortura e detenções ilegais".

Provas

Na semana passada ela prometeu entregar provas de que Maduro e autoridades do governo estavam envolvidos em corrupção. "Há um monte de autoridades envolvidas no caso da Odebrecht", disse Luisa. "O presidente Maduro pegou entre oito e dez milhões de dólares em espécie do governo e deu para uma grande companhia".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM