Jornal do Commercio
TRABALHO

Bill Gates destaca avanços contra a pobreza e diz que há muito a fazer

Com base nos milhões de dólares gastos há 15 anos em programas de desenvolvimento sustentável, o casal Bill e Melinda Gates publica a cada ano um relatório para avaliar o progresso

Publicado em 13/09/2017, às 14h10

O enfoque apoia as
O enfoque apoia as "Metas de Desenvolvimento Sustentável", definidas pela ONU em 2015
Foto: Monika Flueckiger/ World Economic Forum/Fotos Públicas
AFP

O mundo fez um grande progresso na luta contra a pobreza desde 1990, mas ainda resta muito por fazer para reduzi-la a menos de 6% da população até 2030, afirma um relatório da Fundação Bill e Melinda Gates.

Com base nos milhões de dólares gastos há 15 anos em programas de desenvolvimento sustentável, o casal publica a cada ano um relatório para "avaliar o progresso, com o objetivo de saber o que funciona e o que não funciona". 

O estudo mostra a cada ano se o mundo progride, permanece estável ou retrocede, indica o documento, publicado à margem da Assembleia Geral anual da ONU em Nova York.    



O enfoque apoia as "Metas de Desenvolvimento Sustentável", definidas pela ONU em 2015. As Nações Unidas estabeleceram 230 indicadores e 169 objetivos que devem ser alcançados até 2030. O casal se concentrou em 18 indicadores. 

Progresso

"Nós tentamos documentar o incrível progresso" realizado no mundo, especialmente "em termos de pobreza e da luta contra as doenças", disse Bill Gates à imprensa.

No documento, o casal menciona a mortalidade das crianças com menos de cinco anos: em 1990 eram 11,2 milhões e em 2016 menos de cinco milhões, graças às vacinas e às melhores condições no nascimento. O objetivo é reduzir o número a 2,5 milhões até 2030.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM