Jornal do Commercio
Luto

Morre Edith Windsor, histórica militante LGBT americana

Suprema Corte dos EUA lhe deu razão em 2013 e declarou inconstitucional a lei federal que estipulava que o matrimônio era só a união entre um homem e uma mulher

Publicado em 13/09/2017, às 03h48

Após luta na justiça norte-americana, caso de Windsor ajudou a estabelecer as bases para que a Suprema Corte legalizasse o matrimônio gay em todo o país, em 2015 / Foto: AFP
Após luta na justiça norte-americana, caso de Windsor ajudou a estabelecer as bases para que a Suprema Corte legalizasse o matrimônio gay em todo o país, em 2015
Foto: AFP
AFP

Edith Windsor, militante LGBT que iniciou uma batalha legal que levou a uma decisão histórica em 2013 da Corte Suprema americana sobre direitos dos homossexuais, morreu nesta terça-feira (12) aos 88 anos, confirmou seu advogado à AFP.

"Edie era a luz da minha vida. Sempre será a luz da comunidade LGBTQ que ela tanto amava e que a amava tanto", declarou sua esposa, Judith Kasen-Windsor, em comunicado.

Caso histórico

Após a morte de sua primeira esposa em 2009, com quem havia se casado legalmente no Canadá, Edith Windsor reivindicou 363 mil dólares porque uma lei federal sobre o matrimônio a proibia de beneficiar-se do mesmo regime fiscal que o sobrevivente de um casal homossexual.



Apoiada pelo governo de Barack Obama, levou o caso ao mais alto tribunal do país.

A Suprema Corte lhe deu razão em 2013 e declarou inconstitucional a lei federal que estipulava que o matrimônio era a união entre um homem e uma mulher, outorgando assim aos casais homossexuais os mesmos direitos de um casal heterossexual.

Essa decisão estabeleceu as bases para que a Suprema Corte legalizasse o matrimônio gay em todo o país, em 2015.

O ex-presidente Obama reagiu à sua morte por meio de um comunicado: "Tive o privilegio de falar com Edie há alguns dias e de voltar a lhe dizer até que ponto ela marcou este país que amamos".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM