Jornal do Commercio
Liberdade

Libertada finlandesa sequestrada em Cabul

Ela foi sequestrada em 20 de maio, durante um ataque de um grupo armado que terminou com a morte de uma voluntária alemã e de um guarda afegão

Publicado em 14/09/2017, às 06h59

No Afeganistão vários estrangeiros são vítimas de sequestros, sobretudo em Cabul, em sua maioria funcionários de ONGs / Foto: Reprodução/ Google Maps
No Afeganistão vários estrangeiros são vítimas de sequestros, sobretudo em Cabul, em sua maioria funcionários de ONGs
Foto: Reprodução/ Google Maps
AFP

O governo da Finlândia anunciou nesta quinta-feira (14) a libertação de uma cidadã do país que havia sido sequestrada em maio no Afeganistão, um crime que não foi reivindicado por nenhum grupo.

"A finlandesa sequestrada no Afeganistão está livre e segura", escreveu no Twitter o ministro finlandês das Relações Exteriores.



Ela foi sequestrada em 20 de maio, durante um ataque de um grupo armado que terminou com a morte de uma voluntária alemã e de um guarda afegão. Nenhum grupo reivindicou o ataque contra o prédio da ONG sueca "Operation Mercy" no centro da capital afegã.

A organização trabalha para reduzir a mortalidade infantil e apoiar as mulheres dentro das comunidades afegãs. 

Riscos

No Afeganistão vários estrangeiros são vítimas de sequestros, sobretudo em Cabul, em sua maioria funcionários de ONGs, menos protegidos que os diplomatas ou funcionários da ONU.

A identidade da refém não foi divulga


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM