Jornal do Commercio
discussões

Trump e democratas avançam sobre a DACA, mas não sobre o muro

Trump acabou com o DACA e solicitou ao Congresso uma solução legal dentro dos próximos seis meses

Publicado em 14/09/2017, às 06h57

Trump insiste em sua ideia de construir um muro na fronteira com o México. Mas o financiamento para o projeto deve ser abordado em negociações sobre o orçamento / Foto: BRENDAN SMIALOWSKI / AFP
Trump insiste em sua ideia de construir um muro na fronteira com o México. Mas o financiamento para o projeto deve ser abordado em negociações sobre o orçamento
Foto: BRENDAN SMIALOWSKI / AFP
AFP

Os líderes democratas no Congresso saíram na quarta-feira (12) de uma reunião com o presidente Donald Trump anunciando avanços em um acordo para proteger os jovens imigrantes e reforçar a segurança na fronteira, sem incluir o polêmico muro prometido pelo republicano em sua campanha.

Os líderes das minorias democratas no Senado, Chuck Schumer, e na Câmara de Representantes, Nancy Pelosi, afirmaram que tiveram uma reunião "muito produtiva" com Trump, com um debate concentrado no destino dos jovens imigrantes que entraram de modo ilegal nos Estados Unidos quando eram crianças.

O antecessor de Trump, Barack Obama, havia protegido estes imigrantes conhecidos como "dreamers" (sonhadores) como o decreto de Ação Diferida para Chegadas na Infância, conhecido pela sigla DACA.

Mas Trump acabou com o programa e solicitou ao Congresso uma solução legal dentro dos próximos seis meses.

Muro

"Concordamos em incluir rapidamente as proteção do DACA em uma lei e trabalhar em um pacote de segurança na fronteira, excluindo o muro, o que é aceitável para as duas partes", afirmaram Schumer e Pelosi em um comunicado conjunto.



A Casa Branca, que pouco antes havia divulgado um comunicado curto que mencionava um "jantar de trabalho construtivo", concentrado na reforma tributária, segurança de fronteira, DACA e na necessidade de soluções bipartidárias, rapidamente rejeitou a descrição dos líderes democratas para o encontro.

"Embora o DACA e a segurança na fronteira tenham sido discutidos, excluir o muro certamente não foi acordado", escreveu a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, no Twitter.

Um assessor de Schumer também ajudou a explicar a questão.

"O presidente deixou claro que ele continuará trabalhando pelo muro, mas não como parte deste acordo", disse Matt House.

Trump insiste em sua ideia de construir um muro na fronteira com o México. Mas o financiamento para o projeto deve ser abordado em negociações sobre o orçamento, e não por meio de uma lei sobre o programa DACA.

Os avanços aparentemente obtidos no jantar são outro sinal de que o presidente republicano parece ficar mais confortável negociando com a oposição democrata do que com líderes do próprio partido no Congresso.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM