Jornal do Commercio
ESPIONAGEM

Israel viu como Rússia ciberespionava EUA em tempo real

Os israelenses decidiram avisar seus colegas americanos sobre a intrusão

Publicado em 11/10/2017, às 15h12

Os serviços russos conseguiram ter acesso a documentos da Agência de Segurança Nacional / Foto: AFP
Os serviços russos conseguiram ter acesso a documentos da Agência de Segurança Nacional
Foto: AFP
AFP

Espiões israelenses puderam observar em tempo real como os serviços de inteligência russos rackearam computadores em todo o mundo em busca de informações sobre a inteligência americana, revelou nesta quarta-feira (11) o New York Times.

Os serviços israelenses conseguiram ver como, há mais de dois anos, os russos se introduziram em sistemas informáticos graças ao popular sistema antivírus da empresa russa Kaspersky Lab, usado por cerca de 400 milhões de pessoas em todo o mundo, incluindo agências federais americanas até recentemente, informou o NYT, citando autoridades.

Os israelenses decidiram avisar seus colegas americanos sobre a intrusão, o que levou à desinstalação de todos os programas da Kaspersky dos computadores do governo americano.

Usando este antivírus como um cavalo de Tróia, os serviços russos conseguiram ter acesso a documentos da Agência de Segurança Nacional (NSA), que já foi vítima de roubo de documentos por Edward Snowden em 2013.



Nesse caso particular, os russos roubaram documentos classificados que um funcionário da NSA havia armazenado em seu computador pessoal, um assunto revelado em 6 de outubro pelo Wall Street Journal.

A sociedade Kaspersky Lab afirmou, na ocasião, que não havia evidências de qualquer conluio com os serviços de inteligência russos.

"Para todos os nossos especialistas, abusar da confiança de nossos usuários para facilitar a espionagem de um governo seria contrário à nossa ética", explicou o fundador do programa, Eugene Kaspersky, em seu blog.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM