Jornal do Commercio
Negócio da China

Dia dos Solteiros: grupo chinês Alibaba vende US$ 25 bilhões em 24h

O "Dia dos Solteiros" foi criado em 2009 pelo Alibaba, data em que registra um boom de vendas com promoções agressivas

Publicado em 12/11/2017, às 10h20

Em 24 horas, Alibaba vendeu uma quantia equivalente ao PIB do Afeganistão, ou Honduras / Foto: STR / AFP
Em 24 horas, Alibaba vendeu uma quantia equivalente ao PIB do Afeganistão, ou Honduras
Foto: STR / AFP
AFP

O líder chinês do e-commerce, Alibaba, bateu este ano seu recorde de vendas no Dia dos Solteiros, atingindo uma receita de mais de US$ 25,3 bilhões. Neste domingo (12), o grupo anunciou em sua página on-line que o valor de vendas da véspera chegou a 168,3 bilhões de iuanes.

O "Dia dos Solteiros" foi criado em 2009 pelo Alibaba, data em que registra um boom de vendas com promoções agressivas.

No total, o volume de vendas teve um aumento de 39% em relação ao ano anterior, quando registrou 120,7 bilhões de iuanes (US$ 17,8 bilhões).



Em 24 horas, Alibaba vendeu uma quantia equivalente ao PIB do Afeganistão, ou Honduras.

No auge do sábado, foram registrados 256 mil pagamentos por segundo. Mais de 90% das transações registradas pela plataforma de pagamentos on-line do Alibaba foram por celular.

As ventas dos concorrentes, como a JD.com, também dispararam neste sábado (11).


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM