Jornal do Commercio
ISRAEL

Seis anos após atentado, jovem israelense morre

A jovem Hodaya Assulin foi ferida na cabeça em março de 2011 na explosão de uma bomba próximo ao local onde ela estava

Publicado em 22/11/2017, às 14h12

Esse teria sido o primeiro atentando com bomba em Jerusalém desde 2004 / Foto: AFP
Esse teria sido o primeiro atentando com bomba em Jerusalém desde 2004
Foto: AFP
AFP

Uma jovem israelense faleceu nesta quarta-feira (22), após passar seis anos em coma, vítima de um atentado atribuído pelas autoridades a palestinos - indicou o hospital Hadassah.

Hodaya Assulin, com então 14 anos, havia sido gravemente ferida na cabeça em 23 de março de 2011 na explosão de uma bomba perto do ponto de ônibus onde estava em Jerusalém.

Uma britânica de cerca de 60 anos morreu no ataque, enquanto outras 30 pessoas ficaram feridas.

Tratou-se do primeiro atentando com bomba em Jerusalém desde 2004 e aconteceu em um contexto de grande tensão entre Israel e o movimento islamita palestino Hamas, que governa a Faixa de Gaza.



A adolescente nunca recuperou a consciência, segundo o hospital. Desde o ataque, na maior parte do tempo, foi cuidada em casa por seus pais. Precisou ser internada após deterioração recente de seu estado de saúde.

O funeral acontecerá na parte da tarde na colônia de Mevo Horon na Cisjordânia, território palestino ocupado por Israel. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu expressou suas condolências à família em uma mensagem no Facebook.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM