Jornal do Commercio
Jerusalém

Erdogan e papa Francisco conversam por telefone sobre Jerusalém

Erdogan e Francisco concordaram em que o status quo quanto a Jerusalém deve ser mantido

Publicado em 07/12/2017, às 20h01

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, telefonou para o papa Francisco nesta quinta-feira (7) / Foto: AFP
O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, telefonou para o papa Francisco nesta quinta-feira (7)
Foto: AFP
AFP

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, telefonou para o papa Francisco nesta quinta-feira (7), para discutir a crise provocada pelos Estados Unidos ao reconhecer Jerusalém como capital de Israel - informou a agência estatal de notícias Anadolu.

Oposição

O dirigente turco e o pontífice se opuseram firmemente à decisão anunciada na quarta-feira pelo presidente americano, Donald Trump. Erdogan convocou uma reunião urgente da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI), agendada para 13 de dezembro.

A emissora NTV acrescentou que Erdogan e o papa compartilharam suas preocupações sobre a situação atual do Oriente Médio.



Citando fontes presidenciais, a NTV afirmou que Erdogan e Francisco concordaram em que o status quo quanto a Jerusalém deve ser mantido.

No ano passado, Turquia e Israel encerraram uma disputa iniciada em 2010, quando as forças israelenses mataram vários passageiros de um navio fretado por uma ONG turca, que queria romper o bloqueio israelense em Gaza.

Desde então, ambos os países reforçaram sua cooperação, em particular no que se refere às questões energéticas. Ainda assim, Erdogan, que se considera um defensor da causa palestina, continua sendo muito crítico à política israelense.

Erdogan reprovou nesta quinta-feira a decisão de Trump sobre Jerusalém e declarou que ela torna o Oriente Médio um "círculo de fogo".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM