Jornal do Commercio
Ku Klux Klan

Líder da Ku Klux Klan morre na prisão

Edgar Ray Killen cumpria uma pena de prisão de 60 anos por liderar os assassinatos, em 1964, de três homens

Publicado em 12/01/2018, às 19h20

A causa e o modo da morte estão pendentes de uma autópsia / Foto: AFP
A causa e o modo da morte estão pendentes de uma autópsia
Foto: AFP
AFP

Um líder da Ku Klux Klan condenado pelos assassinatos de três defensores dos direitos civis, em um caso que ficou conhecido pelo filme "Mississippi em Chamas", morreu na prisão, informaram autoridades nesta sexta-feira.

Edgar Ray Killen cumpria uma pena de prisão de 60 anos por liderar os assassinatos, em 1964, de três homens que estavam no estado do sul dos EUA participando de uma campanha para registrar eleitores negros.



O caso inflamou a opinião pública contra a segregação e ajudou a levar à aprovação da Lei de Direitos Civis. Ele também inspirou o filme de 1988 ganhador do Oscar: "Mississippi em Chamas".

Funcionários disseram que Killen, de 92 anos, morreu na última quinta-feira.

"A causa e o modo da morte estão pendentes de uma autópsia", declarou o Departamento Correcional do Mississippi em um comunicado.

Killen foi acusado de orquestrar os assassinatos dos três defensores dos direitos civis e políticos - dois homens brancos e um negro: James Chaney, Andrew Goodman e Michael Schwerner.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM