Jornal do Commercio
ANTI-BREXIT

Movimentos anti-Brexit se unem em uma plataforma

A intenção da criação da plataforma é criar pressão nas negociações e tentar garantir a realização de um segundo referendo

Publicado em 02/02/2018, às 15h29

Entre os britânicos, 47% são favoráveis e uma nova consulta, frente a 34% contrários / Foto: AFP
Entre os britânicos, 47% são favoráveis e uma nova consulta, frente a 34% contrários
Foto: AFP
AFP

Os movimento britânicos contrários à saída do país da União Europeia lançaram uma plataforma comum nesta sexta-feira (02) para criar pressão nas negociações de Bruxelas e tentar garantir a realização de um segundo referendo. 

Várias organizações integram o Grupo Coordenador de Bases (Grassroots Coordinating Group, GCG), que reúne 500 mil ativistas e vários políticos. 

"Se o povo iniciou" o processo de saída da UE com seu voto no referendo de 23 de junho de 2016, "deve ser ele quem vai decidir como terminamos, e se realmente vamos, ou não", explicou à AFP o deputado trabalhista Chuka Umunna, presidente da plataforma GCG, no ato de apresentação do movimento.



Segundo Umunna, já está claro que as negociações não permitirão alcançar um acordo "com as mesmas vantagens econômicas do pertencimento à UE", e as pessoas começaram a "se perguntar se tudo será tão fácil quanto afirmaram", o que justificaria um segundo referendo.

Entre os britânicos, 47% são favoráveis e uma nova consulta, frente a 34% contrários, segundo pesquisa feita em janeiro pelo ICM para o jornal The Guardian.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM