Jornal do Commercio
Venezuela

Oposição venezuelana pede para ONU não endossar 'fraude' eleitoral

A manifestação aconteceu após Nicolás Maduro solicitar à ONU o envio de uma missão de observação eleitoral

Publicado em 12/03/2018, às 19h56

A manifestação aconteceu na sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) / Foto: Luis Robayo
A manifestação aconteceu na sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud)
Foto: Luis Robayo
AFP

A oposição venezuelana voltou às ruas nesta segunda-feira (12) com uma pequena aglomeração em Caracas que pediu para a ONU se abster de enviar observadores eleitorais às presidenciais de 20 de maio, por considerá-las fraudulentas. 

"O que foi convocado (...) é uma fraude, e não uma verdadeira eleição livre. Um processo no qual não se cumprem os princípios ditados pela lei não é válido", disse à imprensa Sergio Sánchez, dissidente do chavismo e membro do opositor Frente Ampla Venezuela Livre.

Cerca de 200 integrantes desse coletivo - que agrupa os partidos da coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD) e organizações civis - entregaram um documento dirigido ao secretário-geral da ONU, António Guterres, rejeitando o pleito.



A manifestação aconteceu na sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Segundo o documento, a solicitação do presidente Nicolás Maduro à ONU para que envie uma missão de observação eleitoral busca apenas "dar um toque de legitimidade" a um processo "rechaçado pela comunidade nacional e internacional". 

Maduro, que buscará ser reeleito até 2025, vai concorrer com o ex-governador opositor Henri Falcón (chavista dissidente), que planeja viajar a Nova York para solicitar a Guterres o envio de observadores.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM