Jornal do Commercio
VOOS INTERNACIONAIS

Iraque anuncia a suspensão do bloqueio aéreo sobre o Curdistão

Bloqueio aéreo no Curdistão iraquiano foi imposto em resposta ao referendo de independência na região

Publicado em 13/03/2018, às 11h24

bloqueio aéreo no Curdistão iraquiano foi imposto em resposta ao referendo de independência realizado na região / Foto: Safin Hamed/AFP
bloqueio aéreo no Curdistão iraquiano foi imposto em resposta ao referendo de independência realizado na região
Foto: Safin Hamed/AFP
AFP

As autoridades iraquianas anunciaram nesta terça-feira (13) o fim de quase seis meses de bloqueio aéreo no Curdistão iraquiano, imposto em resposta ao referendo de independência realizado nessa região autônoma.

Os aeroportos de Erbil e Solimania estão de novo abertos para voos internacionais, segundo informou o primeiro-ministro iraquiano Haider Al Abadi.

A decisão foi tomada depois que as autoridades locais do Curdistão aceitaram que as centrais iraquianas recuperassem o controle dos dois aeroporto, segundo o comunicado oficial.

A suspensão do bloqueio será aplicada durante os próximos dias, disse à AFP Saad al Hadithi, porta-voz do gabinete do premiê.



"Dependerá do tempo que for preciso para que os funcionários do governo central comecem a trabalhar nos aeroportos", acrescentou.

Referendo de independência

No final de setembro, depois da realização do referendo de independência organizado por Erbil, capital da região autônoma, contrariando as autoridades iraquianas, Bagdá exigiu o controle dos aeroportos e postos de fronteira situados no Curdistão.

Também enviaram tropas para recuperar as zonas disputadas nas quais os combatentes curdos foram se posicionando com o passar dos anos, principalmente desde o caos criado em 2014 pela ofensiva do grupo Estado Islâmico (EI). 

O Curdistão perdeu assim seus recursos petroleiros da província de Kirkuk.

Bagdá reclamava o controle no Curdistão de temas como passaportes e permissões de residência, assim como das alfândegas e tarifas alfandegária.

Erbil cedeu sobre este último ponto e o controle da segurança dos aeroportos era o que ficara pendente.

Desde o início do bloqueio, todos os voos do Curdistão com destino a outros países transitavam por Bagdá e os estrangeiros tinham de solicitar visto às autoridades federais, algo que não acontecia antes.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM