Jornal do Commercio
Temer

Michel Temer pede saída democrática na Venezuela

Segundo o presidente, é preciso falar da crise política, econômica e humanitária vivida pelo país petroleiro, já que o Brasil vem sendo buscado como uma alternativa para condições de uma vida digna.

Publicado em 14/04/2018, às 15h58

Michel Temer pede saída democrática na Venezuela. / Foto: EBC
Michel Temer pede saída democrática na Venezuela.
Foto: EBC
AFP

O presidente Michel Temer pediu neste sábado (14) uma saída democrática à situação na Venezuela com o apoio do Grupo de Lima, ao falar na Cúpula das Américas na capital peruana.

Temer lembrou aos presentes na sessão plenária a necessidade de procurar instâncias como o Grupo de Lima, e pediu que a Venezuela reencontre o caminho da democracia.



Crise

Segundo o presidente, é preciso falar da crise política, econômica e humanitária vivida pelo país petroleiro, já que o Brasil vem sendo buscado como uma alternativa para condições de uma vida digna.

Estima-se que 5% da população venezuelana tenha deixado seu país nos últimos dois anos devido à crise na nação governada por Nicolás Maduro.

Milhares desses migrantes chegaram ao Brasil, que compartilha uma parte de sua fronteira com a Venezuela.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM