Jornal do Commercio
Rússia

Rússia elogia defesas aéreas sírias após ataques dos EUA e aliados

De acordo com o porta-voz do Ministério da Defesa da Russa, a Síria disparou 112 movimentos de defesa aérea, derrubando 71 dos 103 mísseis recebidos

Publicado em 16/04/2018, às 20h15

O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente sírio Bashar al-Assad durante encontro / Foto: AFP
O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente sírio Bashar al-Assad durante encontro
Foto: AFP
JC Online

Os militares russos disseram nesta segunda-feira (16) que os sistemas de defesa antiaérea fabricados na Rússia foram altamente eficazes na defesa dos ataques de mísseis pelos EUA e seus aliados.

O major-general Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, disse que a Síria usou os sistemas de defesa aérea Pantsir-S1 da Rússia junto com os antiaéreos de defesa soviética para combater os ataques de sábado pelos EUA, Reino Unido e França.



Segundo Konashenkov, a Síria disparou 112 movimentos de defesa aérea, derrubando 71 dos 103 mísseis recebidos. Ele disse que o sistema Pantsir-S1 teve uma eficiência particular, derrubando 23 dos 25 mísseis disparados.

O Pentágono já tinha descartado as alegações de Moscou, dizendo que nenhum dos mísseis disparados foram interceptados pelas forças sírias.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM