Jornal do Commercio
SÍRIA

Ofensiva na Síria foi necessária a ataque com armas químicas, diz G-7

De acordo com o G-7 foram esgotadas todas as possibilidades diplomáticas antes da ofensiva

Publicado em 17/04/2018, às 07h28

O G-7 acusa o regime de Bashar Assad de aterrorizar o povo sírio / Foto: Amer Almohibany/AFP
O G-7 acusa o regime de Bashar Assad de aterrorizar o povo sírio
Foto: Amer Almohibany/AFP
Estadão Conteúdo

A ofensiva militar lançada na Síria por EUA, Reino Unido e França no fim da semana passada, em resposta a um suposto ataque com armas químicas atribuído ao regime sírio de Bashar Al-Assad em 7 de abril, foi "limitada, proporcional e necessária", afirmaram hoje em comunicado líderes do grupo dos sete países mais industrializados, o chamado G-7.

O G-7 inclui os três países que participaram da operação militar na Síria, além de Alemanha, Itália, Canadá e Japão.

Suporte

"Damos apoio total aos esforços feitos pelo Estados Unidos, Reino Unido e França para degradar a capacidade do regime de Assad de usar armas químicas e evitar qualquer uso futuro, demonstrados por suas ações tomadas em 13 de abril", diz o comunicado.



Ainda segundo o G-7, a ofensiva militar só foi realizada após a exaustão de todas as opções diplomáticas possíveis para garantir a norma internacional contra o uso de armas químicas.

O G-7 acusou o regime de Assad de tentar aterrorizar o povo sírio por meio do uso de armas químicas e disse que não pode haver impunidade para qualquer um que se envolva no desenvolvimento ou uso desse tipo de armas.

Síria e seus aliados, incluindo a Rússia, negam que o regime sírio tenha lançado um ataque com armas químicas na cidade de Douma no último dia 7.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM