Jornal do Commercio
ABUSO SEXUAL

Caso Nassar: Universidade pagará $500 milhões às vítimas de abusos

Mais de 300 vítimas do ex-médico da equipe de ginástica dos EUA serão beneficiadas

Publicado em 16/05/2018, às 15h50

Nassar foi sentenciado em janeiro a passar a vida atrás das grades depois de se declarar culpado de abusar sexualmente de mulheres e crianças ao longo de duas décadas / Foto: AFP
Nassar foi sentenciado em janeiro a passar a vida atrás das grades depois de se declarar culpado de abusar sexualmente de mulheres e crianças ao longo de duas décadas
Foto: AFP
JC Online

A Universidade do Estado de Michigan (MSU), onde trabalhava o agressor sexual Larry Nassar, anunciou ter chegado a um acordo para pagar 500 milhões de dólares de indenização às vítimas do ex-médico da equipe de ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics).

O compromisso assinado com os advogados representantes de 332 vítimas foi um "acordo global", explicou a MSU, pondo um fim às reivindicações judiciais contra funcionários da universidade envolvidos no maior escândalo de abusos sexuais da história do esporte americano.

O acordo não inclui as reivindicações contra a USA Gymnastics, contra o Comitê Olímpico americano e os técnicos de ginástica Bela e Marta Karolyi, entre outros, e não encerra uma investigação penal sobre a participação da universidade no comportamento de Nassar.



Nassar foi sentenciado em janeiro a passar a vida atrás das grades, depois de se declarar culpado de abusar sexualmente de mulheres e crianças ao longo de duas décadas, com o pretexto de estar realizando exames e tratamentos médicos nas atletas.

"É a sincera esperança de todas as sobreviventes que o legado deste acordo seja uma reforma institucional de grande alcance que colocará fim à ameaça de agressão sexual no esporte, nas escolas e em toda nossa sociedade", declarou o advogado John Manly, que representa a muitas das vítimas.

O escândalo é o maior da história do esporte olímpico americano e teve enorme repercussão.

 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM