Jornal do Commercio
DIPLOMACIA

Trump e Macron têm conversa telefônica sobre Coreia do Norte

"Os Estados Unidos, com seus aliados, estão prontos para colocar em prática uma gama completa de medidas diplomáticas, econômicas e militares" para pôr fim à ameaça nuclear norte-coreana, assinala o comunicado

Publicado em 12/08/2017, às 17h50

"Ambos os presidentes concordaram em manter contato nos próximos dias", indicou a presidência francesa sobre a conversa telefônica
Foto: Xinhua/Jack Chan
AFP

O presidente americano, Donald Trump, reafirmou neste sábado (12) que seu país está pronto para tomar, se necessário, "medidas militares" contra a Coreia do Norte, durante uma conversa telefônica com o colega francês, Emmanuel Macron, informou a Casa Branca.

Comunicado

"Os Estados Unidos, com seus aliados, estão prontos para colocar em prática uma gama completa de medidas diplomáticas, econômicas e militares" para pôr fim à ameaça nuclear norte-coreana, assinala o comunicado.



"Os presidentes Trump e Macron se comprometeram a trabalhar em conjunto e com seus aliados para aplicar as sanções das Nações Unidas e obter a desnuclearização da Coreia do Norte", acrescenta a nota.

"Ambos os presidentes concordaram em manter contato nos próximos dias", indicou a presidência francesa sobre a conversa telefônica.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM