Jornal do Commercio
Enquete

Enquete: Você concorda com a flexibilização para aquisição de armas de fogo?

Em meio às circunstâncias que motivaram os crimes, cresce no país o debate sobre a liberação do porte

Publicado em 02/03/2018, às 10h54

A flexibilização do porte de armas gera um debate que sempre está dentro de calorosos e longas discussões / Foto: EBC
A flexibilização do porte de armas gera um debate que sempre está dentro de calorosos e longas discussões
Foto: EBC
JC Online

A flexibilização do porte de armas gera um debate que sempre está dentro de calorosos e longas discussões. Massacres em escolas americanas, famosos que acreditam na liberação, cidadãos que acabam reagindo em assaltos. Em meio às circunstâncias que motivaram os crimes, cresce no país o debate sobre a liberação do porte.



No Senado, um projeto de lei proposto por Wilder Morais (PP-GO) defende a revogação do Estatuto do Desarmamento por meio de plebiscito, sugerindo uma nova lei que assegure o porte para qualquer cidadão. A medida conta com amplo apoio popular na consulta pública feita pelo portal e-Cidadania: são 297 mil votos favoráveis ao porte e pouco mais de 13 mil contrários.

Qual a sua opinião?

 

   


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM