Jornal do Commercio
NOVO MANDATO

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia é citado em planilha da Odebrecht

Ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht garantiu que o deputado acertou recebimento de R$ 100 mil para articular aprovação de projeto

Publicado em 02/02/2017, às 14h35

Maia comandará a Câmara por mais dois anos / Foto: Agência Brasil
Maia comandará a Câmara por mais dois anos
Foto: Agência Brasil
JC Online

Reeleito presidente da Câmara dos Deputados, com 293 votos, na tarde desta quinta-feira (2), o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) é um dos 51 políticos citados no depoimento, vazado de forma informal, do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho. Maia aparece na planilha da empreiteira como o "Botafogo", time pelo qual o parlamentar torce.

>>> Confira a planilha da Odebrecht



Melo Filho é um dos 77 delatores da Odebrecht na Lava Jato que teve os depoimentos homologados pela presidente do Supremo Tirbunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, no fim de janeiro deste ano. Parte do conteúdo do depoimento do diretor foi vazada antes mesmo da homologação, e apontava o recebimento de R$ 600 mil da Odebrecht por parte de Maia.

Ainda segundo o ex-executivo, o democrata, no ano de 2013, garantiu o apoio para a aprovação da Medida Provisória 613, que trata sobre isenções para a indústria do setor químico e seria de interesse direto da Odebrecht, segundo o delator.

Rodrigo Maia teria se encontrado com Melo Filho e pedido o pagamento de R$ 100 mil para a quitação de dívidas de campanha para a prefeitura do Rio de Janeiro. Em troca, o parlamentar garantiria a articulação necessária para aprovação da medida.

Candidato de Temer

Rodrigo Maia teve que enfrentar a judicialização de sua candidatura. Com o apoio de Michel Temer e do maior bloco de partidos da Câmara, o deputado garantiu que dará prosseguimento às reformas propostas pelo Presidente da República. "(Vamos trabalhar para ter) um parlamento reformista, que entregue em 2018, um País crescendo, gerando empregos e com taxa de juros com menos de dois dígitos", afirmou Maia, o primeiro dos seis candidatos a discursar. Ele defendeu também a rediscussão do Pacto Federativo para desconcentrar as receitas da União para os Estados e a aprovação "urgente" de uma reforma política. Rodrigo ainda defendeu a aprovação das reformas da Previdência e da legislação trabalhista para "tirar o Brasil do encilhamento". 

 

 

 

 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM